6
ago
2014
Em cartaz: Planeta dos macacos (o confronto)

filme planeta dos macacos

Essa é uma das categorias que eu mais gosto de atualizar aqui no blog, e quem já é leitor sabe que eu adoro filmes/cinema!

Há umas duas semanas fui ao cinema com o namorado, e nossa única opção era esse filme: Planeta dos macacos: o confronto, pois o outro que queríamos assistir já estava com os lugares esgotados…

Confesso que nunca fui fã desse gênero, e não gosto muito de filmes de ficção. Mas pra ter uma opinião à respeito é preciso assistir não é?! rs

Detalhes interessantes:

Dez anos após conquistarem a liberdade, César (Andy Serkis) e os outros macacos finalmente conseguem viver em paz na floresta próxima a San Francisco.

Lá eles desenvolveram uma comunidade própria, onde se ajudam, enquanto os humanos enfrentam uma das maiores epidemias de todos os tempos, causada por um vírus criado em laboratório.

Em busca de energia elétrica, um grupo de sobreviventes planeja invadir a floresta e reativar a usina lá instalada. Malcolm (personagem vivido por Jason Clarke) tenta agir pacificamente e estabelecer uma ‘parceria’ com os macacos  – tentando impedir que qualquer confronto aconteça.

Lançamento: 24 de julho de 2014 (2h11min)

Direção: Matt Reeves

Elenco: Andy Serkis, Jason Clarke, Gary Oldman…

Gênero: Ficção científica , Ação

Nacionalidade: EUA

Distribuição: Fox Filmes

Minha opinião:

Sinceramente me surpreendi com esse filme, e a surpresa foi positiva…rs
Gostei do roteiro, da forma como a história foi contada, e principalmente da interação entre os humanos e os macacos! Mas por outro lado, achei que foi previsível demais…

No final da história, o confronto entre eles acontece, mas no meio de tudo isso também nasce uma linda história de amizade e companheirismo – mostrando que espécies distintas podem sim se entender.
O filme mostra as diferenças entre eles, as dúvidas, questões e confrontos. Também mostra a importância do respeito, e como através dele a paz entre humanos e animais pode ser alcançada.

Os efeitos visuais, cenários e todos os movimentos foram muito bem produzidos e captados. É de tirar o chapéu…rs

Se você gosta do gênero ou está curioso pra saber mais detalhes, vale a pena assistir.
O filme ainda está em cartaz em quase todos os cinemas…Corre que dá tempo!

Beijos e boa semana =)

 






0


12
maio
2014
Em cartaz: Noé

Nesse último sábado (10/05/2014), fui ao cinema com o namorado e eu escolhi escolhemos o filme Noé pra assistir.

Confesso que eu já tinha ouvido muitas críticas sobre o filme, mas muitos elogios também. E nada melhor do que poder assistir pra ter a minha própria opinião, certo?! rs

Então leia esse post até o final se quiser saber o que eu achei =)

noé

Detalhes interessantes:

Noé vive com sua esposa e seus três filhos: Sem, Cam e Jafé em uma terra onde os homens não se respeitam, cometem atrocidades, perseguem e matam uns aos outros.

Certo dia, ele recebe uma mensagem do Criador e segue para encontrar Matusalém. E ao encontrá-lo, ele descobre que tem uma tarefa: de construir uma enorme arca, onde terá de abrigar vários animais durante um dilúvio – que acabará com toda a forma de vida existente na terra.

Desse modo, o Criador poderá ‘restaurar’ a humanidade…

Distribuição: Paramount Pictures

Diretor: Darren Aronofsky

Elenco: Russell Crowe, Jennifer Connelly, Emma Watson

Duração: 2 hrs e 18 minutos

Ano: 2014

País: EUA

Gênero: Fantasia, aventura

 

Minha opinião:

A história de Noé é uma das mais lindas a fantásticas, e o que eu esperava era um filme à altura. O que aconteceu é que me decepcionei muito com o roteiro e tipo de história que foi narrada nesse filme…

Pra começar, Russel Crowe está muito ruim nesse papel. E será que alguém pode me explicar o que é aquela arca, que parece um caixote enorme boiando?!

Outro ponto pra ser observado é que Noé fica parecendo um ‘ser perturbado’, pois só faltava tocar aquelas músicas de filme de terror na hora que ele tenta matar as netas – um absurdo!

Também notamos um invasor dentro da arca…como assim?!

E nem vou entrar em tantos detalhes, porque se compararmos o filme com os relatos descritos na bíblia sagrada, notaremos que os erros são grotescos e existem várias divergências.

Claro que entendo que, por outro lado, o autor, diretor e roteirista ousaram bastante. Talvez preferiram investir em algo que ‘chocasse’, e mostrasse a história de outra maneira. Afinal de contas nem sempre é tão legal criar um filme cuja história e final todo mundo já conhece né?!

Mas eu, particularmente não achei nada legal. Além disso, a exibição do filme já foi proibida em alguns países e as críticas surgem aos montes…

Se você gosta do gênero ou quer assistir pra ter uma opinião própria, eu recomendo. Caso contrário, opte por outro filme!

E vocês, já assistiram?! O que acharam?

Bjos e boa semana =)

 






0


23
mar
2013
Em cartaz: Duro de matar 5 – um bom dia para morrer
Duro de matar 5

Duro de matar 5

 

Detalhes interessantes:

No filmeBruce Willis atua como o policial John McClane  e está em busca de informações sobre o filho Jack (Jai Courtney), com quem não fala há alguns anos. Com a ajuda de um amigo, ele descobre que Jack está preso na Rússia, acusado de ter cometido um assassinato. John parte para o país na intenção de rever o filho e tentar resgatá-lo, mas ao chegar, acaba encontrando-o em plena fuga do tribunal onde seria julgado.

Já em Moscou, McClane descobre que Jack  trabalha para a CIA numa operação de tráfico de armas nucleares. E o filho é realmente bom no que faz.

Jack está com Yuri Komorov (Sebastian Koch) – um terrorista que diz ter em mãos um dossiê que pode incriminar um potencial candidato à presidência russa, Chagarin (Sergey Kolesnikov). Ele não gosta nem um pouco de reencontrar o pai, mas a insistência de John em ajudá-lo acaba, depois de um tempo, quebrando o gelo entre pai e filho.

Distribuição: FOX FILMES                           

Diretor: John Moore

Elenco: Bruce Willis, Patrick Stewart, Jai Courtney, Cole Hauser, Amaury Nolasco, Megalyn Echikunwoke, Sebastian Koch, Anne Vyalitsyna, Attila Árpa, Yuliya Snigir, Zolee Gansxta, Norbert Növényi, Jai Courteney

Duração: 104 min.

Ano: 2013

País: EUA

Gênero: Ação

 

Minha opinião

Sou suspeita pra falar sobre filmes de ação, pois esse é um dos meus gêneros preferidos! E Bruce Willis então?! Manda muitooo bem no que faz.

Adorei o filme, e durante o contexto a gente percebe que ambos são durões (pai e filho) mas tentam se proteger o tempo todo; e em busca da sobrevivência, eles acabam aprendendo à trabalhar juntos e confiar um no outro…e o relacionamento que antes parecia ser tão complicado começa se transformar  em algo bem interessante!

Ah, vale lembrar que Duro de Matar – Um Bom Dia para Morrer é o 5º filme em que Bruce Willis interpreta o policial John McClane. Os demais foram Duro de Matar (1988), Duro de Matar 2 (1990), Duro de Matar – A Vingança (1995) e Duro de Matar 4.0 (2007) – e eu já assisti todos…rs

 

Em algumas cidades, o filme ainda está em cartaz…vale a pena assistir!

Espero que gostem

Beijooo

 

 

 






0