28
jun
2013
É preciso se colocar no lugar do outro…

coração - lapis

Esse assunto surgiu despretensiosamente essa semana, enquanto uma amiga conversava comigo sobre o seu namoro. O fato é que ela e o namorado ficam competindo um com o outro, e tentando ‘dar o troco’ em diversas situações…

Depois de ouvir o desabafo, e de conversar com o meu namorado sobre o assunto  (acho que pelo menos com relação à isso temos opiniões parecidas…rs), me dei conta de quantas pessoas sofrem ou não sabem resolver esses ‘pequenos problemas de relacionamento’.

E foi aí que eu me peguei pensando em quantas vezes já vi e ouvi sobre isso, ou em quantas vezes eu mesma vivi esse tipo de situação.

Em qualquer tipo de relacionamento – seja amizade, namoro ou até mesmo coleguismo, a gente vê e vivencia diariamente esse tipo de coisa: pessoas que querem à todo custo se vingar ou dar o troco nas outras (por algo que muitas vezes nem foi grave).

Mas será que vale à pena?!

Sabe, eu acho que em qualquer tipo de relacionamento as pessoas devem respeito umas às outras. Mas também acho que quando se trata de namoro, casamento ou relacionamento sério – as duas pessoas têm os mesmos direitos e deveres.

Se um pode sair com os amigos, o outro também pode. Se um pode viajar sozinho, o outro também pode. Se um pode chegar tarde, o outro também pode. Se um pode ir à festas ou eventos com o pessoal do trabalho, o outro também pode…e por aí vai. Quando eu faço, acabo dando espaço pro outro fazer também né?

O problema é que algumas pessoas confundem esse tipo de liberdade e acabam passando dos limites e magoando a outra pessoa. Por isso sempre digo que a conversa é a maior aliada em qualquer situação.

Quando não se está satisfeito, é só expor a opinião e conversar – deixando claro o que cada um pensa. E em vez de ficar traçando planos mirabolantes para se vingar do marido que saiu com os amigos, ou dar o troco no namorado que não atendeu sua ligação, tente dizer à ele o que te incomoda!

Muitas vezes somos tão egoístas e pensamos  tanto no nosso próprio bem estar, que não somos capazes de nos colocar no lugar do outro…

Quando quiser sair pra balada com as amigas e dizer pro namorado que está com sono e vai dormir mais cedo, pense em como você se sentiria se ele fizesse o mesmo com você.

Quando você sair com os amigos do trabalho sem nem ao menos avisar a esposa, além de chegar super tarde – pense em como se sentiria se ela lhe fizesse algo parecido.

Tudo que eu não quero pra mim, também não faço para os outros…certo?

Posso garantir que esse é um ótimo exercício, e que a gente aprende a ser menos egoísta e pensar muito mais nas pessoas que a gente ama…

Experimente!

Bjoos






6


17
jun
2013
Na real: capítulo 2


na real 2

Mais um e-mail pra participar do tema Na Real! E dessa vez quero agradecer à Bruna por nos contar sua história, e agradecer também à amiga dela por tê-la convencido à participar…rs

Vamos conferir?!

Oi, como vai? Foi uma amiga minha que viu seu blog e me influenciou a escrever.
Me chamo Bruna tenho 19 anos e to apaixonada pelo meu melhor amigo, mas acho que ele só gosta de mim como amigo msm.

Tipo, não consigo mais esconder e ao mesmo tempo me sinto mal de tentar falar pra ele e levar um fora. A gente se conhece desde criança e comecei perceber que tava apaixonada por ele no ano passado

Nunca senti isso por outra pessoa e não sei se devo falar pra ele e correr o risco de perder a amizade ou ficar na minha, gostando dele em segredo. Pra mts pessoas pode parecer ridículo mas pra mim é confuso. Não sei o que fazer e não quero perder o amigo

Bjks! Bruna [Vitória, ES]

Visão e opinião masculina sobre o assunto:

Olá Bruna,
Realmente é uma decisão bem difícil de tomar, mas, vamos ver…
Amigos de verdade não são pessoas comuns em nossas vidas, elas surgem e encaixam perfeitamente com quase tudo que gostamos. Então, apaixonar-se pelo melhor amigo não é algo de outro mundo, você apenas começou a gostar de alguém que te faz muito bem, o único porém, é que ele já tem o rótulo “melhor amigo”, o que faz com que você ache que isso não poderia existir.
Agora vem a parte mais difícil: você ACHA que ele só gosta como amigo…Contar ou não???
Às vezes as pessoas escondem seu sentimento por terem o mesmo pensamento que você, o medo de levar um fora, “perder” a amizade.
Existe o momento certo para tudo na vida, e, nesse caso, num passeio a dois, um filme no cinema (só vocês). Geralmente nessas horas você consegue perceber alguma coisa vinda da parte dele.

Não posso te dizer o que você deve fazer, até porque somente você pode decidir maaaas, MINHA opinião é de que deveria falar sim! Você sempre terá uma decisão a ser tomada em todos os momentos da sua vida e, em todos eles são 50% de chances de dar certo, e você tem que se preparar para os dois lados: sim e não.
Se você o conhece bem, acredita que é a pessoa certa para você, fale. Acho melhor tentar e “perder”, do que ficar segurando um sentimento por um longo tempo sem falar nada.
Afinal, o amor surge de uma grande amizade e vai ser sempre assim!

p.s A dona desse blog se transformou na minha grande amiga de MSN, e eu já não aguentava mais segurar o mesmo sentimento que você está sentindo e falei pra ela…o resultado??? Estou aqui escrevendo no blog dela, que é minha namorada!!

Visão e opinião feminina sobre o assunto:

Olá Bruna! Se apaixonar pelo melhor amigo é algo bem comum, e acho que todo mundo acaba passando por isso pelo menos uma vez na vida.
Eu, particularmente nunca fui de expor meus sentimentos sem ter certeza de que a pessoa sentia algo por mim também, mas acho que você deve contar sim!
Você nunca vai saber o que ele sente se não arriscar, e vai que ele também sente a mesma coisa mas está com medo de dizer né?!

Quando eu era mais nova achava melhor cultivar um bom amigo do que me apaixonar e perder a amizade…mas hoje em dia penso diferente. Se ele serve pra ser seu melhor amigo, com certeza tem qualidades que você admira e te faz feliz – logo, serve para ser namorado.
E vai por mim: é melhor tentar e quebrar a cara, do que não tentar e se arrepender depois!

Se ele te conhece há tanto tempo e gosta de você (nem que seja só como amigo), vai saber lidar com a situação! E juntos, vocês decidirão o que é melhor.
Pare de sofrer, e conta logooo pra ele…rs

p.s: Coisa mais linda esse meu namorado (que era amigo)  [heart]

E você…tá esperando o que pra escrever?! Compartilhe sua história conosco.

Para participar basta enviar um e-mail para nareal@atreva-se.com.br. Se quiser saber mais detalhes e informações sobre o tema chique aqui

Bjooos

 






0


12
jun
2013
Feliz dia dos namorados acompanhado de um ‘eu te amo’ especial!

namorados

Feliz dia dos namorados à você que já encontrou aquela pessoa especial e vive muito feliz juntinho dele(dela)!

Mas se você está solteiro(a), não desista…Se a minha hora chegou, a sua também chegará; acredite -> foco, força e fé! hahaha

Agora falando sério…

Está cada vez mais difícil encontrar a pessoa certa. Encanto, romance, mistério pra quê né?! Hoje em dia o negócio é beijar todo mundo, pegar geral e botar a fila pra andar.

Mas a coisa começa a complicar quando você chega em casa depois da balada ou das festas e não tem alguém pra te dar boa noite ou dizer que te ama. Quando surgem os problemas e você percebe que está sozinho(a) e não tem com quem compartilhar os momentos difíceis. Quando a única coisa que você deseja é receber uma mensagem pela madrugada, mas aquele último carinha ou piriguete com que você ficou deve estar muito ocupado beijando outra pessoa.

A tristeza bate forte naquele momento em que você só precisava de um abraço e não tem à quem pedir, ou tudo que você mais queria era saber que nesse minuto existe alguém pensando em você!

Engana-se quem pensa que isso tudo que eu descrevi faz parte da vida dos solteiros. Tem muita gente que namora, é casado ou comprometido e passa por algumas dessas situações. A pessoa se anula pela outra, faz as vontades do outro, deixa de fazer o que gosta pelo outro, vive infeliz por causa do outro.

São dois extremos…e o maior erro das pessoas é pensar que precisam de alguém – e esse precisar se transforma em dependência, e em medo de se sentir sozinho.

Bom mesmo é quando você entende que não precisa de outra pessoa para ser feliz,  que isso só depende de VOCÊ, e que muitas pessoas são solitárias mesmo estando ao lado de alguém.

Bom mesmo é perceber que você já encontrou – ou ainda está buscando a pessoa certa, só que para somar algo de bom à sua vida e não diminuir. Para multiplicar o amor, e não dividir. Para compartilhar os momentos bons e ruins!

Entenda uma coisa: você não precisa procurar uma ‘metade’ , pois você mesmo pode se completar! O que você precisa é encontrar outra pessoa que também seja ‘completa’, para que juntos vocês consigam transbordar e acrescentar um ao outro – com carinho, cumplicidade, afeto, respeito e AMOR

Depois de tooodo esse blablablá, eu não poderia deixar de usar esse meu ‘espaço’ para agradecer à Deus pelo presente mais lindo que Ele poderia ter me dado: um namorado paciente, compreensivo, bem humorado, sincero e muitooo teimoso…rs

Alguém tão especial que independente das palavras que eu usasse, jamais conseguiria descrever sua importância em minha vida. Que me faz sorrir sem esforço algum, e que compartilha comigo as alegrias, e os momentos bons e ruins.

Ah, e que atura até minhas chatices e crises de tpm hahaha

Amor, mais uma vez obrigada por fazer parte da minha vida e por repetir todos os dias o quanto me ama.

Obrigada por apoiar as minhas idéias mais absurdas, por se preocupar comigo, e estar disposto à me ajudar sempre

Eu nunca te vi como alguém perfeito; muito pelo contrário…você é imperfeito, mas foi feito sob medida pra mim!

Eu te amo hoje, amanhã, depois e depooooois – e não te amo pelo que você faz, mas sim por aquilo que você é.

Amo seus defeitos e qualidades, e até mesmo a sua teimosia ou a maneira como troca a palavra bravo por chateado…né?! rs

Espero passar muitos e muitos outros ’12 de Junho’ ao seu lado <3

Feliz dia dos namorados!

 

Bom gente, por hoje é só…rs

E não esqueçam de participar do sorteio que tá rolando aqui no blog :-) clique aqui

Bjoos






4


11
jun
2013
Na Real: capítulo 1

na real 01

Oi gente!

Primeiro e-mail do Na Real sendo respondido hoje, primeira história a ser contada, primeira corajosa que decidiu escrever…Ebaaaaa \o/

Antes de mais nada, eu gostaria de agradecer à Marcela pelos elogios, e também por compartilhar conosco um pouquinho da vida dela. Vamos conferir?!

Bom dia.

Gosto mto do seu blog e da sua maneira de escrever e dizer a sua opinião sem tentar agradar as pessoas.

Desde que vi sua postagem sobre esse na real, achei bem legal e fiquei com vontade de escrever. Sabe, não tenho mts amigas e seria bom receber uma opinião diferente!

Meu nome é marcela, moro em brasilia e tenho 22 anos. Meu namorado tem 24 e nós namoramos desde outubro de 2011, só que de uns tempos pra cá ele tem se afastado um pouco de mim.

Não é mais a mesma coisa. Se eu não ligo pra ele não faz a menor diferença pq ele tbm não liga pra mim, e nem faz questão de mandar torpedo ou saber se estou viva.

Ele me levava pra passear, ver filmes e agora nem sair de casa pra me encontrar quer mais. Tenho que ficar insistindo

Essa situação me deixa triste, e sinceramente acho que ele não gosta mais de mim! Acho que o amor acabou e não sei mais o que fazer.

Ja tentei conversar, explicar como me sinto mas ele nem liga. Me trata como uma conhecida e olha lá.

Eu o amo de verdade mas não podemos continuar assim. Será que a melhor solução é terminar? Estou perdida, confusa, desanimada, e não seu se devo desistir ou lutar

O que vc faria?

Visão e opinião masculina sobre o assunto

Oi Marcela,
O namoro nada mais é do que uma fase ou período da sua vida em que você “descobre” se aquela, é a pessoa com quem você poderá contar, confiar, amar, ser amada e viver o restante dos seus dias.
Porque o namoro não é somente beijo e abraço, mas sim uma relação mútua de carinho e amizade. Aí vem a pergunta: Amigos de verdade não se preocupam um com o outro?
Ficar insistindo para ele fazer as coisas vai somente piorar a SUA situação, até porque, como você mesma disse, isso te deixa triste e o intuito de namorar não é viver triste!
Conversar realmente ajuda, mas chega um momento que você tem de conversar com Deus, pedir sabedoria e em seguida parar em frente ao espelho e se perguntar: Será que eu preciso dele para ser feliz?
Por mais que você diga que o ama, nessa situação você precisa pensar primeiramente em você e não ficar se humilhando para outra pessoa, pois não tem nada pior do que ter de insistir para alguém gostar de você (já passei por isso e hoje me arrependo profundamente de ter agido como você).
Seja bem direta com ele, pergunte: você acha que estou feliz com essa situação? Com o jeito que me trata? Acredite, as pessoas não sabem lidar com perguntas diretas e, pelo modo que ele responder você já saberá o que fazer (adeus)…
Chega de acreditar que o outro é a razão de sua existência. Ninguém é, além de você mesma! Você tem que entender que alguns desejos seus não são os mesmos desejos dele. Ou você fica e aceita como é; ou você pega sua mala e parte em busca dos seus sonhos…
O mundo está cheio de pessoas querendo amar e ser amado, obviamente que você deve conversar bastante, esperar ter algum desentendimento para ver a reação da pessoa, antes de decidir partir para o namoro.
Não adianta o namoro continuar se você não sorri mais…
Fica em Deus.
Abraços

Visão e opinião feminina sobre o assunto

Olá Marcela.
É bem dificil analisar a situação de vocês já que você não deu tantos detalhes assim. Muitas vezes erramos em colocar toda a culpa no outro e esquecemos que algumas vezes também temos parte nisso.
Não estou dizendo que a culpa é sua e ele está certo, mas é importante conversar sobre tudo e deixar as coisas bem claras sabe?! Diga à ele o que te incomoda e pergunte se ele se sente incomodado com alguma coisa que você fala ou faz, e se algo não o agrada também.
Você cobra que ele se importe, mas demonstra claramente o quão importante ele é pra você? O amor é essencial, mas um relacionamento não vive só disso. É preciso cumplicidade, carinho, afeto, atenção
A gente sabe que homem se acomoda rápido, relaxa no romantismo, deixa de ser como era no ínicio do namoro, de fazer as coisas que fazia no começo…Por esse motivo é importante conversar sempre.
Se ele realmente não se importar, não quiser mudar ou fazer algo pra que essa situação melhore…esqueça! Se tem uma coisa que eu aprendi é que a gente não precisa de ninguém que não se importe conosco.
Ah, e mais uma coisa…Na minha opinião, o amor não acaba – se terminou quer dizer que nunca foi amor…talvez encantamento, amizade, afeto, paixão, mas amor não!
Boa sorte, e espero que dê tudo certo. Bjoos

E você…tá esperando o que pra escrever?! Compartilhe sua história conosco.

Para participar basta enviar um e-mail para nareal@atreva-se.com.br. Se quiser saber mais detalhes e informações sobre o tema chique aqui

Bjooos






0


6
maio
2013
Para refletir: “Amanhã pode ser tarde demais”

Essa é mais uma daquelas histórias que a gente recebe por e-mail ou lê por aí, sem nem imaginar quem tenha escrito. É mais uma das histórias que nos fazem refletir, repensar, e até mesmo mudar algumas das nossas atitudes…

Se você também gosta de reflexões, continue lendo…realmente vale a pena!

história

Havia um garoto que nasceu com uma doença muito grave. Ele tinha 17 anos e podia morrer a qualquer momento.

Sempre viveu na casa de seus pais, sob o cuidado constante de sua mãe. Um dia decidiu sair sozinho e, com a permissão da mãe, caminhou pela sua quadra, olhando as vitrines e as pessoas que passavam. Ao passar por uma loja de discos, notou a presença de uma garota, mais ou menos da sua idade, que parecia ser feita de ternura e beleza. Foi amor à primeira vista.

Abriu a porta e entrou, sem olhar para mais nada que não fosse a sua amada. Aproximando-se timidamente, chegou ao balcão onde ela estava. Quando o viu, ela deu-lhe um sorriso e perguntou se podia ajuda-lo em alguma coisa. Era o sorriso mais lindo que ele já havia visto, e a emoção foi tão forte que ele mal conseguiu dizer que queria comprar um CD. Pegou o primeiro que encontrou, sem nem olhar de quem era, e disse “Esse aqui”.

“Quer que embrulhe para presente?” – perguntou a garota sorrindo ainda mais e ele só mexeu com a cabeça para dizer que sim. Ela saiu do balcão e voltou, pouco depois, com o CD muito bem embalado. Ele pegou o pacote e saiu, louco de vontade de ficar por ali, admirando aquela garota tão encantadora. Daquele dia em diante, todos as tardes o menino voltava à loja de discos e comprava um CD qualquer. Todas as vezes a garota deixava o balcão e voltava com um embrulho cada vez mais bem feito, que ele guardava no closet, sem nem abrir.

Ele estava apaixonado, mas tinha medo da reação dela, e assim, por mais que ela sempre o recebesse com um sorriso doce, não tinha coragem para convidá-la para sair e conversar. Comentou sobre isso com sua mãe e ela o incentivou muito para que chamasse a linda menina para sair.
Um dia, ele se encheu de coragem e foi para a loja. Como todos os dias comprou outro CD e, como sempre, ela foi embrulhá-lo.
Quando a garota não estava vendo, ele escondeu um papel com seu nome e telefone no balcão e saiu da loja correndo. No dia seguinte o telefone tocou e a mãe do jovem atendeu. Era a linda menina perguntando por seu filho…A mãe, desconsolada, nem perguntou quem era, começou a chorar e disse: “Então, você não sabe? Faleceu essa manhã”.

Mais tarde, a mãe entrou no quarto do filho, para olhar suas roupas e ficou muito surpresa com a quantidade de CDs, todos embrulhados. Ficou curiosa e decidiu abrir um deles. Ao fazê-lo, viu cair um pequeno pedaço de papel, onde estava escrito: “Você e muito simpático, não quer me convidar para sair? Eu adoraria”. Emocionada, a mãe abriu outro CD e dele também caiu um papel que dizia o mesmo, e assim todos quantos ela abriu traziam uma mensagem de carinho e a esperança de conhecer aquele rapaz.

Assim é a vida…não espere demais para dizer a alguém especial aquilo que você sente.
Diga-o já, amanhã pode ser muito tarde.

Então fale, escreva, telefone e diga o que ainda não foi dito!

 

Boa semana

Bjooos






0


4
abr
2013
Cumplicidade

 

abraço forte

Algumas pessoas pensam que um relacionamento só é bom ou só pode dar certo quando os dois estão bem, tranquilos, calmos, com tudo nos trilhos e sem nenhum problema…
Mas por acaso existe alguma relação no mundo  em que pelo menos uma das pessoas não passe por alguma dificuldade de vez em quando? Não né?!
O que eu acredito é que num relacionamento de verdade, as pessoas precisam se entregar de corpo, alma e principalmente coração – só depois disso estarão preparadas para ajudar e apoiar o outro em qualquer situação!

Não existe coisa mais bacana do que ter uma pessoa com quem a gente possa contar em todos os momentos, compartilhar nossos sentimentos, nossas alegrias, angústias, tristezas, dores…

Pra conhecer o amor e saber como encará-lo, também é preciso aprender alguns  princípios básicos de um relacionamento! Se relacionar com alguém não é tão fácil quanto parece…rs

Tem gente que pensa que amor é só beijo na boca, andar de mãos dadas…mas isso é complemento! Amor de verdade a gente só reconhece quando a situação não está tão favorável!

Quer saber se alguém é seu amigo de verdade, ou se alguém te ama mesmo? É só observar como essa pessoa se comporta quando você está com problemas, com mal humor, triste. Se a pessoa fugir, se afastar, ou pior ainda – não demonstrar nenhum tipo de afeto ou preocupação – é sinal de que você precisa pensar se vale mesmo a pena continuar com essa relação!

Quem nunca passou por uma situação difícil na vida e percebeu com quem realmente podia contar?!

E é assim que acontece….

Tem gente que só se aproxima de você quando está tudo maravilhoso; mas quem te ama de verdade estará ao seu lado pro que der e vier!

Talvez seja hora de pensar bem e refletir sobre seus relacionamentos…afinal de contas é bem melhor ter 5 amigos com quem podemos contar do que 100 contatos que nem se importam e só te ligam convidando pra ir à balada!

É bem melhor estar sozinha do que com um marido, namorado, ficante que não está nem aí pra você, não te valoriza nem te dá atenção.

É bem melhor ganhar um pouco menos e trabalhar num lugar que te deixa satisfeita e feliz do que ganhar horrores e viver estressada, infeliz e com o mundo inteiro pendurado nas suas costas!

 Então vamos combinar?! A regra é clara…à partir de hoje coloque um ponto final em tudo aquilo que não te faz bem!

Garanto que sua semana terminará muito melhor do que começou :-)

Bjoooos






0